L'itinérance

“Cinema: It is a ribbon of dreams.” (Orson Welles)

Dez Filmes (13)

Mais uma lista de dez (10) filmes a que tenho assistido — em alguns casos, mais de uma vez. Os links remetem para um site especializado em cinema.

Leon, movie

Jean Reno (Léon) e Natalie Portman (Matilda) em “O Profissional” (Léon, 1994)

1. O Profissional (Léon, 1994) – Filme francês de suspense, escrito e dirigido por Luc Besson e estrelado por Jean Reno, Natalie Portman e Gary Oldman. Um assassino profissional conhece uma garota de doze anos de idade, que tem sua família inteira assassinada por policiais corruptos. Ele a acolhe e promete vingança, arriscando sua vida numa tentativa de escapar de uma cilada, salvando a garota. O filme foi um marco na carreira da atriz Natalie Portman, tendo sido a sua primeira atuação em papel principal, com apenas treze anos de idade. nota 8

2. Os Melhores Anos de Nossas Vidas (The Best Years of Our Lives, 1946) Drama de guerra, dirigido por William Wyler. O roteiro é baseado em romance homônimo de Mackinlay Kantor. Três veteranos retornam para casa ao final da Segunda Guerra Mundial e precisam lidar com o desafio de retomar suas vidas. Na edição do Oscar de 1947 o filme venceu nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator (Fredric March), Melhor Ator Coadjuvante (Harold Russell), Melhor Edição e Melhor Roteiro. Foi indicado na categoria de Melhor Mixagem de Som. Harold Russell recebeu um prêmio especial por melhor atuação não-profissional. nota 8

3. Uma Mente Brilhante (A Beautiful Mind, 2001) – Drama biográfico dirigido por Ron Howard, sobre a vida do matemático John Forbes Nash. O roteiro foi baseado no livro homônimo de Sylvia Nasar, uma biografia muito precisa e abrangente da vida de Nash. Muito boa atuação de Russell Crowe. Na edição do Oscar de 2002 o filme venceu nas categorias de Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Diretor e Melhor Atriz Coadjuvante (Jennifer Connelly). Foi indicado nas categorias de Melhor Ator (Russell Crowe), Melhor Trilha Sonora Original (James Horner), Melhor Edição e Melhor Maquiagem. nota 8

4. O Carteiro e o Poeta (Il Postino, 1994) – Filme italiano dirigido por Michael Radford. O roteiro retrata o exílio do poeta chileno Pablo Neruda em uma ilha na Itália, nos anos cinquenta. O filme é baseado no livro Ardiente Paciencia de Antonio Skármeta. Na edição do Oscar de 1996 o filme venceu na categoria de Melhor Trilha Sonora Original (Luis Enríquez Bacalov); foi também indicado para os prêmios de Melhor Ator (Massimo Troisi), Melhor Diretor, Melhor Filme e Melhor Roteiro Adaptado.  nota 8

5. Tarde demais para esquecer (An Affair to Remember, 1957) – Romance dirigido por Leo McCarey. Momentos marcantes com Deborah Kerr e Cary Grant, que improvisaram em muitas das suas cenas. O filme foi uma segunda versão, que ainda viu surgir uma terceira, e também serviu de inspiração para outros. Na edição do Oscar de 1958 o filme foi indicado nas categorias de Melhor Fotografia, Melhor Figurino, Melhor Trilha Sonora (Hugo Friedhofer) e Melhor Canção Original (“An Affair to Remember”). nota 7

6. Verão de 42 (Summer of ’42, 1971) – Drama romântico dirigido por Robert Mulligan. A atriz principal,  Jennifer O’Neill, nasceu no Brasil, no Rio de Janeiro, em 1948. A história retratada no filme realmente aconteceu com o roteirista Herman Raucher (Hermie) quando adolescente. Na edição do Oscar de 1972 o filme venceu na categoria de Melhor Trilha Sonora (Michel Legrand). Foi indicado ainda nas categorias de Melhor Edição, Melhor Roteiro Original e Melhor Fotografia. nota 7

7. Inimigo do Estado (Enemy of the State, 1998) – Estrelando Will Smith e Gene Hackman, este filme do gênero ação e espionagem é dirigido por Tony Scott. O roteiro, de David Marconi, é sobre um grupo de agentes da Agência de Segurança Nacional (NSA), dos Estados Unidos, que assassinam um congressista e, em seguida, tentam encobrir o assassinato destruindo provas e intimidando testemunhas. O filme levanta a questão da privacidade no mundo contemporâneo, especialmente diante da “onipresença” estatal. nota 7

8. O Feitiço de Áquila (Ladyhawke, 1985). Filme dos gêneros fantasia, romance e aventura, dirigido por Richard Donner. Atuação marcante de Michelle Pfeiffer. Dois amantes estão condenados à separação ao longo da vida por uma maldição: durante o dia ela se transforma em um falcão, enquanto à noite ele se transforma em lobo. A trilha sonora foi composta por Andrew Powell e produzida por Alan Parsons. Em 1986 Ladyhawke foi indicado a dois Oscars, nas categorias de Melhores Efeitos Sonoros e Melhor Mixagem de Som. nota 7

9. 8 Milímetros (8mm, 1999) – Suspense realizado por Joel Schumacher. Nicolas Cage é o protagonista. Um detetive é contratado para investigar um caso em que uma jovem é assassinada. A investigação o conduz ao submundo da pornografia violenta e ilegal, e cada vez mais se aprofunda na sinistra indústria do sexo. O custo da investigação será imenso. Um filme com um roteiro chocante. nota 6,3

10. Mar em Fúria (The Perfect Storm, 2000) – Estrelado por George Clooney, Mark Wahlberg e Diane Lane, com direção de Wolfgang Petersen. Filme baseado numa história verídica, que relata a coragem daqueles que arriscam as suas vidas diariamente no mar enfrentando as forças da natureza. Em outubro de 1991 está em formação uma tempestade “posseidônica”, e um barco de pesca vai ao seu encontro. Em 2001 o filme foi indicado ao Oscar nas categorias Melhores Efeitos Especiais (visuais) e Melhor Mixagem de Som. nota 6

Confira também as listas anteriores de dez (10) filmes: 12, 11, 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2 e 1. Não constam destas listas aqueles filmes sobre os quais já tenhamos publicado algum post. Em meu espaço pessoal no Youtube talvez você encontre vídeos para alguns destes filmes, com cenas selecionadas e trailers. Consulte as Listas de Reprodução.

Written by Paulo Amadeu

03/02/2011 às 21:17

Publicado em Assistidos Recentemente

Tagged with

%d blogueiros gostam disto: