L'itinérance

“Cinema: It is a ribbon of dreams.” (Orson Welles)

Dez Filmes (25)

Mais uma lista de dez (10) filmes a que tenho assistido — em alguns casos, mais de uma vez. Os links remetem para um site especializado em cinema.

Some Like It Hot, movie

Tony Curtis, Jack Lemon e Marilyn Monroe em “Quanto Mais Quente Melhor” (Some Like It Hot, 1959) 

1. Quanto Mais Quente Melhor (Some Like It Hot, 1959) – Divertida comédia musical dirigida por Billy Wilder, estrelando Jack Lemon, Tony Curtis e Marilyn Monroe. Dois músicos testemunham o Massacre do Dia de São Valentim, executado por gângsters e, para escapar, resolvem se disfarçar de mulher e entrar em uma banda só de moças. Na edição do Oscar de 1960 o filme recebeu seis indicações, vencendo na categoria de Melhor Figurino (preto e branco). Entre as demais indicações, a de Melhor Diretor, Melhor Ator (Jack Lemmon) e Melhor Roteiro Adaptado. nota 8

2. Indiana Jones e a Última Cruzada (Indiana Jones and the Last Crusade, 1989) – Conhecido e popular filme de aventura, dirigido por Steven Spielberg e baseado em história de George Lucas. Protagonizado por Harrison Ford e Sean Connery. A conhecida trilha sonora é de John Williams. Em 1990 o filme foi indicado ao Oscar em três categorias: Melhor Som, Melhor Trilha Sonora e Melhores Efeitos Sonoros, tendo sido vencedor nesta última. A série inteira consta de quatro filmes. nota 8

3. Tubarão (Jaws, 1975) – Clássico filme dos gêneros terror e suspense dirigido por Steven Spielberg. Baseado em romance homônimo de Peter Benchley. Estrelando Roy Scheider, Robert Shaw e Richard Dreyfuss. Outra conhecida trilha sonora de John Williams. Na edição do Oscar de 1976 o filme foi indicado em quatro categorias, vencendo como Melhor Trilha Sonora, Melhor Montagem e Melhor Som. Foi indicado ainda como Melhor Filme. Teve três sequências sem a participação de Spielberg (1978, 1983 e 1987). nota 8

4. O Planeta dos Macacos (Planet of the Apes, 1968) – Clássico de ficção científica dirigido por Franklin J. Schaffner, estrelado por Charlton Heston. Baseado no romance de Pierre Boulle, La planète des singes, o filme marcou a infância de muita gente no Brasil. Em 1969 foi indicado ao Oscar em duas categorias: Melhor Figurino e Melhor Trilha Sonora (Jerry Goldsmith). Recebeu ainda um prêmio especial por Maquiagem. A cena final é antológica e marcou a história do cinema, sendo o filme considerado um libelo anti-Guerra Fria. Teve quatro sequências. Foi refilmado em 2001 por Tim Burton, com o conteúdo parcialmente modificado. nota 8

5. Quo Vadis (Quo Vadis, 1951) – Drama épico dirigido por Mervyn LeRoy. O roteiro é baseado em livro de Henryk Sienkiewicz e ambientado na Roma Antiga. A história tem tido outras versões para o cinema. Esta conta no elenco com nomes como Robert Taylor, Deborah Kerr e Peter Ustinov (que legou uma imortal interpretação do Imperador Nero). Na edição do Oscar de 1952 o filme foi indicado em 8 (oito) categorias, entre as quais: Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante (Leo Genn e Peter Ustinov) e Melhor Trilha Sonora Original (Miklós Rózsa). nota 7

6. Marley & Eu (Marley & Me, 2008) – Filme, dos gêneros comédia e drama, dirigido por David Frankel. Baseado no livro de memórias homônimo escrito por John Grogan, que retrata fatos reais. Estrelando Owen Wilson, Jennifer Aniston e Alan Arkin. Um jornalista, junto de sua esposa, decide adotar um cão labrador para sentir o gosto da paternidade. O filme abrange catorze anos da vida do cachorro, e vinte e dois labradores diferentes foram utilizados. nota 7

7. A Fantástica Fábrica de Chocolate (Charlie and the Chocolate Factory, 2005) – Filme dirigido por Tim Burton, protagonizado por Johnny Depp. A história baseia-se no excelente livro Charlie e a Fábrica de Chocolate, do escritor galês Roald Dahl, publicado em 1964. É o segundo filme baseado no livro; o primeiro é de 1971. Em 2006 o filme foi indicado ao Oscar na categoria de Melhor Figurino. Foi também indicado ao Globo de Ouro na categoria Melhor Ator (Johnny Depp). nota 7

8. O Crime do Padre Amaro (El Crimen del Padre Amaro, 2002) – Filme mexicano, em consórcio hispano-franco-argentino, dirigido por Carlos Carrera. Trata-se de uma adaptação de O crime do Padre Amaro, de Eça de Queirós, feita por Vicente Leñero. Estrelando Gael García Bernal e Ana Claudia Talancón. Em 2003 o filme foi indicado ao Oscar e ao Globo de Ouro na categoria de Melhor Filme Estrangeiro. A produção suscitou reclamações dos católicos mexicanos, que chegaram a pedir o fim do projeto cinematográfico. É recomendável assistir com o áudio original em Espanhol. nota 7

9. Terapia do Amor (Prime, 2005) – Comédia romântica dirigida por Ben Younger, estrelando Meryl Streep, Uma Thurman, Bryan Greenberg e Jon Abrahams. Uma mulher de trinta e sete anos, que se separou recentemente, envolve-se com um talentoso pintor de vinte e três anos, por quem se apaixona. Inicialmente, ela recebe o apoio de sua psicóloga, até que esta descobre que o rapaz é o seu filho. O filme tem diversas situações caricatas e muito divertidas. nota 6

10. Comer, Rezar, Amar (Eat Pray Love, 2010) – Drama dirigido por Ryan Murphy, protagonizado por Julia Roberts. É uma adaptação para o cinema do best-seller autobiográfico Eat, Pray, Love: One Woman’s Search for Everything Across Italy, India and Indonesia, de Elizabeth Gilbert. O ator espanhol Javier Bardem interpreta um brasileiro — em alguns momentos surgem algumas frases e expressões em português (com sotaque). Na trilha sonora, algumas canções da Bossa Nova; destaque-se o Samba da Bênção de Vinícius de Moraes. nota 5

Confira também as listas anteriores de dez (10) filmes: 24, 23, 22, 21, 20, 19, 18, 17, 16, 15… Não constam destas listas aqueles filmes sobre os quais eu já tenha publicado algum post.  Em meu espaço pessoal no Youtube talvez você  encontre vídeos para alguns destes filmes, com cenas selecionadas e trailers. Consulte as Listas de Reprodução.

Written by Paulo Amadeu

16/04/2011 às 14:16

Publicado em Assistidos Recentemente

Tagged with

%d blogueiros gostam disto: