L'itinérance

“Cinema: It is a ribbon of dreams.” (Orson Welles)

Dez Filmes (29) – Cinema Brasileiro (III)

Publico aqui mais uma lista de dez (10) filmes a que tenho assistido — em alguns casos, mais de uma vez. Esta é a terceira lista em que constam apenas filmes brasileiros. Os links remetem para um site especializado em cinema.

Tropa de Elite 2; O Inimigo Agora é Outro, movie

Wagner Moura (“Coronel Nascimento”) em “Tropa de Elite 2; O Inimigo Agora é Outro” (2010)

1. Tropa de Elite 2; O Inimigo Agora é Outro (2010) – Filme dirigido por José Padilha, que também escreveu o roteiro, com Braulio Mantovani. Protagonizado por Wagner Moura. Trata-se de uma sequência do filme lançado em 2007. Os acontecimentos de Tropa de Elite 2 ocorrem treze anos após os do primeiro filme. O foco agora é direcionado para a relação entre a segurança e a política. Tornou-se o filme mais visto da história do cinema brasileiro, superando Dona Flor e Seus Dois Maridos, filme de 1976. nota 8

2. O Homem que Copiava (2003) – Drama com roteiro inteligente e criativo. É o segundo longa-metragem dirigido pelo cineasta gaúcho Jorge Furtado. Estrelando Lázaro Ramos, Leandra Leal, Luana Piovani e Pedro Cardoso. O filme, ambientado na zona norte da cidade de Porto Alegre, conta a história de um jovem operador de fotocopiadoras. Apaixonado por sua vizinha, ele é auxiliado pelo empregado de uma oficina e por uma colega de trabalho, que explora sua sensualidade para ascender na vida. Um detalhe interessante do roteiro é o uso inteligente do Soneto XII de William Shakespeare. nota 8

3. Assalto ao Trem Pagador (1962) – Um dos bons roteiros do cinema nacional. Filme do gênero policial, dirigido por Roberto Farias. Estrelando Reginaldo Faria, Grande Otelo, Eliezer Gomes, Jorge Dória e Ruth de Souza. Baseado no assalto ao trem de pagamentos da Central do Brasil ocorrido em 1960, no Rio de Janeiro. Enquanto a polícia chega a suspeitar de uma quadrilha de bandidos internacionais pela ousadia do plano, os assaltantes se misturam à realidade da pobreza e da violência brasileiras. O filme representou o Brasil no Festival de Veneza de 1962. nota 7

4. Carandiru (2003) – Drama dirigido pelo argentino naturalizado brasileiro Hector Babenco. O roteiro é baseado no livro Estação Carandiru, do médico Drauzio Varella, onde ele narra suas experiências com a dura realidade em um trabalho de prevenção à AIDS realizado na antiga Casa de Detenção de São Paulo. A superprodução conta com um grande elenco, com atores da nova geração, como Rodrigo Santoro, Caio Blat, Wagner Moura e Lázaro Ramos, ao lado de atores consagrados como Luiz Carlos Vasconcelos, Milton Gonçalves, Ivan de Almeida e Antônio Grassi. nota 7

5. O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias (2006) – Drama dirigido por Cao Hamburger, estrelando Michel Joelsas, Germano Haiut, Paulo Autran, Simone Spoladore, Daniela Piepszyk e Caio Blat. O filme apresenta o ponto de vista de uma criança. Um menino de doze anos, com pais militantes da esquerda, perseguidos pela ditadura militar, vai para São Paulo no contexto em que os brasileiros estão envolvidos com a Copa do Mundo de 1970. Em 2007 foi indicado na categoria de Melhor Filme no Festival de Berlim. nota 7

6. O Bandido da Luz Vermelha (1968) – Filme do gênero policial, dirigido por Rogério Sganzerla. O roteiro, de autoria do próprio diretor, é inspirado nos crimes do famoso assaltante apelidado de "Bandido da Luz Vermelha". É considerado o maior representante do cinema marginal. O diretor tinha apenas vinte e dois anos quando realizou o filme. Estrelando Paulo Vilaça, Helena Ignez, Luiz Linhares e Sérgio Hingst. A narração do filme é uma paródia, simulando os locutores do rádio policial sensacionalista e popular. nota 7

7. Desmundo (2002) – Filme dirigido por Alain Fresnot. O roteiro é uma adaptação do livro homônimo de Ana Miranda. Estrelando Simone Spoladore, Osmar Prado e Caco Ciocler. O filme é ambientado em 1570, época em que os portugueses enviavam órfãs ao Brasil para que casassem com os colonizadores. O objetivo era minimizar o nascimento dos filhos com as índias e que os portugueses tivessem casamentos brancos e cristãos. Todo o elenco teve que aprender o português arcaico, que é falado em todo o filme. Portanto, as legendas podem ser bastante úteis. nota 7

8. Dois Filhos de Francisco (2005) – Drama dirigido por Breno Silveira, estrelando Ângelo Antônio, Márcio Kieling, Thiago Mendonça, Dira Paes e Paloma Duarte. O roteiro, escrito por Patrícia Andrade e Carolina Kotscho, conta a história de um lavrador no interior do Brasil, que tem um sonho aparentemente impossível: transformar dois de seus nove filhos em uma dupla musical sertaneja. O resultado final do sofrido drama foi uma das mais populares duplas sertanejas do país. A trilha sonora é formada por conhecidas interpretações da dupla. nota 7

9. Macunaíma (1969) – Comédia dirigida por Joaquim Pedro de Andrade, e baseada na obra homônima de Mário de Andrade, escrita na primeira metade do século XX. Um elenco de atores renomados tais como Grande Otelo, Paulo José, Dina Sfat, Milton Gonçalves, Jardel Filho e Rodolfo Arena. Uma paródia retratando um anti-herói brasileiro. Macunaíma é um dos grandes personagens da carreira de Grande Otelo. nota 7

10. Menino Maluquinho (1994) –  Filme infanto-juvenil dirigido por por Helvécio Ratton, estrelado por Samuel Costa no papel-título, Patrícia Pillar, Roberto Bomtempo, Othon Bastos e Luiz Carlos Arutin. Trechos do filme foram filmados no bairro Santo Antônio, em Belo Horizonte. O roteiro baseia-se na conhecida obra O Menino Maluquinho, livro infanto-juvenil brasileiro de 1980 criado por Ziraldo, desenhista e cartunista mineiro. A canção-tema foi composta por Milton Nascimento. Duas outras sequências foram filmadas em anos posteriores. nota 7

Confira também as duas primeiras listas com filmes brasileiros: II e I. Não constam destas listas aqueles filmes sobre os quais já tenhamos publicado algum post. Em meu espaço pessoal no Youtube talvez você encontre vídeos para alguns destes filmes, com cenas selecionadas e trailers. Consulte as Listas de Reprodução.

Anúncios

Written by Paulo Amadeu

14/05/2011 às 7:38

%d blogueiros gostam disto: