L'itinérance

“Cinema: It is a ribbon of dreams.” (Orson Welles)

Dez Filmes (37)

Mais uma lista de dez (10) filmes a que tenho assistido — em alguns casos, mais de uma vez. Os links remetem para um site especializado em cinema.

Per qualche dollaro in più, 1965

Clint Eastwood e Lee Van Cleef em “Por Uns Dólares a Mais” (Per qualche dollaro in più, 1965) 

1. Por Uns Dólares a Mais (Per qualche dollaro in più, 1965) – Filme italiano, do gênero western spaghetti, dirigido por Sergio Leone. Trata-se da segunda parte da chamada Trilogia dos Dólares do diretor Leone. Estrelando Clint Eastwood, Lee Van Cleef e Gian Maria Volonté. Eastwood é o protagonista deste e dos outros filmes, sempre interpretando um Pistoleiro sem nome, papel que o celebrizou no cinema. A trilha sonora de Ennio Morricone é conduzida por Bruno Nicolai, e, desde o início do filme, percebe-se o perfeito casamento entre a trilha e o western. “Onde a vida não tem valor, a morte às vezes tem seu preço”. nota 8,3

2. Fanny e Alexander (Fanny och Alexander, 1982) – Drama dirigido por Ingmar Bergman, que também é o autor do roteiro. Estrelando Kristina Adolphson, Börje Ahlstedt, Pernilla Allwin e Kristian Almgren. No início do século XX, um casal de crianças experimenta um momento muito difícil após o falecimento de seu pai. Na edição do Oscar de 1984 o filme venceu nas categorias de Melhor Filme Estrangeiro, Melhor Fotografia, Melhor Figurino e Melhor Direção de Arte. Foi também indicado nas categorias de Melhor Diretor e Melhor Roteiro Original. nota 8,2

3. O Que Terá Acontecido a Baby Jane? (What Ever Happened to Baby Jane?, 1962) – Filme dirigido por Robert Aldrich, baseado no livro homônimo de Henry Farrell. Estrelando Bette Davis, Joan Crawford e Victor Buono. O roteiro retrata a trajetória de duas irmãs, e a trama surpreende ao mostrar que as aparências enganam: afinal, “o que terá acontecido a Baby Jane?” Na edição do Oscar de 1963 o filme foi vencedor na categoria Melhor Figurino; foi indicado ainda nas categorias Melhor Atriz (Bette Davis), Melhor Ator Coadjuvante (Victor Buono), Melhor Fotografia e Melhor Som. nota 8,0

4. O Homem Que Não Vendeu Sua Alma (A Man for All Seasons, 1966) – Drama biográfico dirigido por Fred Zinnemann, com roteiro de Robert Bolt, baseado em peça de teatro de sua autoria. Protagonizado por Paul Scofield, contando ainda com Wendy Hiller, Susannah York, Nigel Davenport, Robert Shaw, Leo McKern e Orson Welles. No século XVI, Thomas More, para não trair suas convicções, opõe-se ao divórcio e ao novo casamento de Henrique VIII. Em 1967 o filme foi indicado ao Oscar em 8 (oito) categorias, vencendo em seis delas, entre as quais: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator (Paul Scofield) e Melhor Roteiro Adaptado. nota 8,0

5. Como Era Verde Meu Vale (How Green Was My Valley, 1941) – Drama dirigido por John Ford, com roteiro baseado no romance homônimo de Richard Llewellyn. Estrelando Walter Pidgeon, Maureen O’Hara, Anna Lee, Donald Crisp e Roddy McDowall. Em 1942 o filme foi indicado ao Oscar em 10 (dez) categorias, vencendo em cinco, entre as quais Melhor Filme e Melhor Diretor; entre as indicações não vencedoras, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Trilha Sonora (Alfred Newman). Na trilha sonora, destaque para tradicionais corais galeses; o País de Gales, onde a história é ambientada, é famoso pelo canto coral. nota 7,9

6. O Homem Que Não Estava Lá (The Man Who Wasn’t There, 2001) – Filme noir escrito por Joel e Ethan Coen e dirigido por Joel Coen. Protagonizado por Billy Bob Thornton, estrelando ainda Scarlett Johansson, Frances McDormand, James Gandolfini e Tony Shalhoub. A história é ambientada nos arredores de Santa Rosa, Califórnia, em meados de 1949, e retrata o cotidiano de um barbeiro. Em 2002 o filme foi indicado ao Oscar de Melhor Fotografia. Na trilha sonora, destaque para sonatas para piano por Ludwig van Beethoven, tais como a popularmente conhecida Clair de Lune (Moonlight / Sonata ao Luar). nota 7,7

7. Sete Noivas para Sete Irmãos (Seven Brides for Seven Brothers, 1954) – Musical, do gênero comédia,  dirigido por Stanley Donen. Estrelando Jane Powell, Howard Keel e Jeff Richards. A história, ambientada no Oregon em 1850, tem por base a clássica passagem da mitologia grega do Rapto das Sabinas. As danças são coreografadas por Michael Kidd e a trilha sonora, composta pela dupla Gene dePaul e Johnny Mercer, foi ganhadora do Oscar em 1955. A produção também foi indicada ao Oscar nas categorias de Melhor Filme, Melhor Roteiro, Melhor Fotografia e Melhor Edição. nota 7,2

8. Simplesmente Alice (Alice, 1990) – Comédia escrita e dirigida por Woody Allen. O filme é vagamente inspirado em Giulietta degli spiriti, filme de 1965 de Federico Fellini. Estrelando Mia Farrow, William Hurt, Joe Mantegna e Alec Baldwin. Uma mulher, de perfil burguês, após iniciar um tratamento alternativo, começa a se dar conta de sua condição emocional. Passa então a se conhecer melhor e a todos que a cercam, e resolve tomar uma decisão que mudará sua vida. Em 1991 o filme foi indicado ao Oscar na categoria Melhor Roteiro Original. nota 6,5

9. Aeroporto (Airport, 1970) – Filme, dos gêneros drama e suspense, considerado o primeiro exemplar do cinema catástrofe, escrito e dirigido por George Seaton, com roteiro baseado em livro homônimo de Arthur Hailey. Estrelando Burt Lancaster, Dean Martin, Jean Seberg, Jacqueline Bisset e George Kennedy. Em 1971 o filme foi indicado ao Oscar em 10 (dez) categorias, vencendo como Melhor Atriz Coadjuvante (Helen Hayes). Entre as indicações: Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Trilha Sonora Original (Alfred Newman). O filme teve três sequências (1975, 1977 e 1979). nota 6,5

10. O Casamento do Meu Melhor Amigo (My Best Friend’s Wedding, 1997) – Comédia romântica dirigida por P. J. Hogan. Estrelando Julia Roberts, Dermot Mulroney, Cameron Diaz e Rupert Everett. O roteiro retrata um casal de amigos, solteiros e na casa dos trinta anos. As coisas sofrem uma reviravola quando ela recebe um telefonema do velho amigo e ele anuncia que irá se casar. Ele a convida para ser madrinha de seu casamento com uma bela mulher. Em 1998 a trilha sonora por James Newton Howard foi indicada ao Oscar. nota 6,2

Confira também as listas anteriores de dez (10) filmes: 36, 35, 34, 33, 32… Não constam destas listas aqueles filmes sobre os quais já tenhamos publicado algum post. Em meu espaço pessoal no Youtube talvez você encontre vídeos para alguns destes filmes, com cenas selecionadas e trailers. Consulte as Listas de Reprodução.

Written by Paulo Amadeu

29/06/2011 às 9:32

Publicado em Assistidos Recentemente

Tagged with

%d blogueiros gostam disto: