L'itinérance

“Cinema: It is a ribbon of dreams.” (Orson Welles)

Dez Filmes (39)

Mais uma lista de dez (10) filmes a que tenho assistido — em alguns casos, mais de uma vez. Assim como nas listas anteriores, procurei incluir vários gêneros, épocas e avaliações. Os links remetem para um site especializado em cinema.

Double Indemnity, 1944, movie

Barbara Stanwyck e Fred MacMurray em “Pacto de Sangue” (Double Indemnity, 1944) 

1. Pacto de Sangue (Double Indemnity, 1944) – Filme de suspense dirigido por Billy Wilder, baseado no livro de James M. Cain. É considerado um dos primeiros e mais bem-sucedidos film noir. A história se baseou num crime real de 1927, envolvendo uma apólice de seguro com cláusula de indenização dobrada (double-indemnity clause). Os assassinos foram presos. Estrelando Fred MacMurray, Barbara Stanwyck e Edward G. Robinson. Na edição do Oscar de 1945 o filme foi indicado nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Atriz (Barbara Stanwyck), Melhor Som, Melhor Fotografia (preto e branco), Melhor Trilha Sonora (Miklós Rózsa) e Melhor Roteiro. nota 8,6

2. Noites de Cabíria (Le Notti di Cabiria, 1957) – Filme italiano dirigido por Federico Fellini. O filme possui trilha sonora composta pelo competente Nino Rota. Protagonizado por Giulietta Masina, contando ainda o elenco com François Périer e Franca Marzi. O drama é sofrido, mas recebe um toque bem humorado e alguns momentos comoventes, marcado por uma latinidade emocionalmente espaçosa, cheia de sons e de gestos. O filme ganhou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 1958. Foi adaptado para um musical da Broadway e depois para um filme norte-americano, ambos com o título de Sweet Charity. nota 8,2

3. O Franco Atirador (The Deer Hunter, 1978) –  Drama de guerra dirigido por Michael Cimino. O roteiro retrata um trio de metalúrgicos russo-americanos e seu serviço de infantaria na Guerra do Vietnã. Estrelando Robert de Niro, John Cazale, John Savage, Christopher Walken e Meryl Streep. Em 1979 o filme foi indicado ao Oscar em 9 (nove) categorias, vencendo em cinco, entre as quais Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Ator Coadjuvante (Christopher Walken). Na trilha sonora, a música-tema é Cavatina, dedilhada ao violão por John Williams. A canção Can’t Take My Eyes off You aparece várias vezes no filme. Músicas tradicionais da Igreja Ortodoxa e canções populares russas também são tocadas. nota 8,2

4 Nada de Novo no Front (All Quiet on the Western Front, 1930) – Drama de guerra dirigido por Lewis Milestone. É uma adaptação cinematográfica do romance pacifista Im Westen nichts Neues de Erich Maria Remarque sobre a I Guerra Mundial. Estrelando Richard Alexander, Ben Alexander e Lew Ayres. Em 1930 o filme ganhou o Oscar de Melhor Filme e Melhor Diretor, tendo sido indicado ainda nas categorias de Melhor Fotografia e Melhor Roteiro. Uma sequência foi lançada em 1937. O filme foi proibido na Itália até 1956. “Nós aprendemos que a morte é mais forte que o dever pelo país”. nota 8,1

5. Gente como a Gente (Ordinary People, 1980) – Drama dirigido por Robert Redford, com roteiro adaptado do romance homônimo de Judith Guest. O filme marca a estréia de Robert Redford na direção. Estrelando Donald Sutherland, Mary Tyler Moore e Timothy Hutton. O filme colheu bons prêmios. Na edição do Oscar de 1981 o filme venceu nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator Coadjuvante (Timothy Hutton) e Melhor Roteiro Adaptado. Recebeu também indicações nas categorias de Melhor Atriz (Mary Tyler Moore) e Melhor Ator Coadjuvante (Judd Hirsch). No início do filme, o Canon in D, de Johann Pachelbel, com canto coral. nota 7,9

6. A Luz é Para Todos (Gentleman’s Agreement, 1947) – Um bom drama dirigido por Elia Kazan, com roteiro baseado no livro homônimo de Laura Z. Hobson. Um dos primeiros filmes a abordar diretamente o preconceito racial, denunciando o antisemitismo que era tratado de forma velada, num “acordo de cavalheiros”. Estrelando Gregory Peck, Dorothy McGuire, John Garfield, Celeste Holm e Dean Stockwell. Em 1948 o filme ganhou o Oscar nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Atriz Coadjuvante (Celeste Holm). Foi indicado ainda em cinco outras categorias, entre as quais: Melhor Ator (Gregory Peck), Melhor Atriz (Dorothy McGuire) e Melhor Roteiro (Moss Hart). nota 7,4

7. Cópia Fiel (Copie Conforme, 2010) – Filme francês dirigido pelo iraniano Abbas Kiarostami, estrelando Juliette Binoche e William Shimell. O filme se passa na Itália, e mescla os idiomas Francês, Italiano e Inglês. A história tem início com um encontro prosaico entre um escritor inglês e uma dona de galeria de arte francesa em um lugarejo na Toscana. Denso, o filme suscita grandes reflexões sobre os papéis que desempenhamos na vida. Juliette Binoche tem mais uma brilhante atuação, e o filme traz boa fotografia da Toscana. nota 7,2

8. Dom Quixote de Orson Welles (Don Quijote de Orson Welles, 1992) – Projeto não concluído, filmado por Orson Welles no longo período de 1955 e 1969. Em 1990 o filme foi retomado e lançado em 1992. Apaixonado pela Espanha, Welles mergulhou na obra de Cervantes através dos personagens de Dom Quixote e Sancho Pança que viajam pela Espanha de 1960, dando uma visão das mais emblemáticas personagens espanholas. Estrelando Francisco Reiguera, Akim Tamiroff e Orson Welles. Se puder, assista com áudio original em Espanhol e sem legendas. “Mas a verdade é que ele era um cavalheiro. Um autêntico cavalheiro… O mais perfeito cavalheiro que já existiu”. nota 6,2

9. Augustine; O Declínio do Império Romano (Sant’Agostino, 2010) – Com direção de Christian Duguay, trata-se de um projeto ítalo-germânico originalmente produzido para a televisão. Estrelando Alessandro Preziosi, Monica Guerritore e Gerald Alexander Held. O filme traz citações dos escritos de Santo Agostinho, que, dependendo da dublagem ou legenda, podem sofrer prejuízos. Santo Ambrósio lhe deu um tinteiro, e disse: “É tinta! Use-a até o final.” nota 5,6

10. O Guarda-Costas (The Bodyguard, 1992) – Romance dirigido por Mick Jackson, estrelando Kevin Costner e Whitney Houston. Foi o primeiro filme da cantora Whitney Houston. O roteiro de The Bodyguard era para ter sido filmado na década de 1970, quando seria estrelado por Diana Ross e Steve McQueen. A trilha sonora do filme está entre as mais vendidas de todos os tempos e a música I Will Always Love You é um hit mundialmente conhecido. Em 1993 o filme foi indicado duas vezes ao Oscar de Melhor Canção Original por Run to You e I Have Nothing.nota 5,6

Confira também as listas anteriores de dez (10) filmes: 38, 37, 36, 35, 34… Não constam destas listas aqueles filmes sobre os quais já tenhamos publicado algum post. Em meu espaço pessoal no Youtube talvez você encontre vídeos para alguns destes filmes, com cenas selecionadas e trailers. Consulte as Listas de Reprodução.

Written by Paulo Amadeu

07/07/2011 às 10:07

Publicado em Assistidos Recentemente

Tagged with

%d blogueiros gostam disto: