L'itinérance

“Cinema: It is a ribbon of dreams.” (Orson Welles)

Dez Filmes (40)

Dez (10) filmes a que tenho assistido — em alguns casos, mais de uma vez. Assim como nas listas anteriores, procurei incluir vários gêneros, épocas e avaliações. Os links remetem para um site especializado em cinema.

The Lord of the Rings: The Return of the King, 2003, movie

Sean Astin (“Samwise”) e Elijah Wood (“Frodo”). “O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei” (The Lord of the Rings: The Return of the King, 2003)

1. O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (The Lord of the Rings: The Return of the King, 2003) – Filme baseado nos livros da série O Senhor dos Anéis, escrito por J. R. R. Tolkien. Este é o filme que conclui a trilogia; os dois primeiros foram lançados em 2001 e 2002. Estrelando nomes como Elijah Wood, Sean Astin, Ian McKellen, Viggo Mortensen e Orlando Bloom. Na edição do Oscar de 2003 o filme foi indicado em 11 (onze) categorias, vencendo em todas elas. Entres os prêmios: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Trilha Sonora e Melhor Canção Original (Into the West, por Fran Walsh, Howard Shore e Annie Lennox). nota 8,8

2. Clube da Luta (Fight Club, 1999) – Drama dirigido por David Fincher, baseado em romance homônimo de Chuck Palahniuk, publicado em 1996. O filme é protagonizado por Edward Norton, Brad Pitt e Helena Bonham Carter. O protagonista e narrador é anônimo, um "homem comum" que está descontente com o seu contexto de classe média na sociedade Americana. Ele se envolve com uma mulher dissoluta e emocionalmente caótica, e forma um "clube de combate". Com uma surpresa reservada para o final do enredo, o filme foi citado como um dos mais controversos no final da década de 1990. Em 2000 o filme foi indicado ao Oscar de Melhores Efeitos Sonoros. nota 8,8

3. O Terceiro Homem (The Third Man, 1949) – Filme britânico do gênero suspense, dirigido por Carol Reed, baseado em história de Graham Greene e Alexander Korda. Estrelando Joseph Cotton, Alida Valli, Orson Welles e Trevor Howard. Um escritor americano chega a Viena, após a Segunda Guerra, e descobre que seu amigo foi morto sob circunstâncias misteriosas. Ele passa a investigar o caso e descobre várias inconsistências nas explicações oferecidas. Na edição do Oscar de 1951 o filme foi indicado nas categorias de Melhor Direção, Melhor Edição e Melhor Fotografia (Preto e Branco), vencendo nesta última. nota 8,5

4. Relíquia Macabra (The Maltese Falcon, 1941) – Filme posteriormente lançado no Brasil com o título original O Falcão Maltês. Com este filme John Huston estreou como diretor, cujo roteiro escreveu baseando-se no romance homônimo de Dashiell Hammett. Estrelando Humphrey Bogart, Mary Astor, Peter Lorre e Gladys George. Com esse trabalho Huston tornou-se um dos mestres do chamado film noir. Na edição do Oscar de 1942 o filme foi indicado nas categorias Melhor Filme, Melhor Ator Coadjuvante (Sydney Greenstreet) e Melhor Roteiro Adaptado. “Você sabe de que os sonhos são feitos?”. nota 8,4

5. A Regra do Jogo (La règle du jeu, 1939) – Filme dirigido por Jean Renoir sobre a classe alta da sociedade francesa antes do início da Segunda Guerra Mundial. Renoir traça um perfil das regras do jogo das relações humanas ao acompanhar um fim-de-semana em uma casa de campo, no qual participam alguns casais de amigos burgueses, bem como seus respectivos empregados. O filme é considerado obra-prima da cinematografia mundial; tem sido aclamado pela crítica e inspirado cineastas de diversas gerações. Estrelando Nora Gregor, Paulette Dubost, Marcel Dalio, Jean Renoir e Julien Carette. Na trilha sonora, alguns momentos de música clássica, como a Dreizehn deutsche Tänze, K. 605, No. 1 de Mozart. nota 8,1

6. O Grande Motim (Mutiny on the Bounty, 1935) – Drama dirigido por Frank Lloyd, com roteiro baseado no romance homônimo de autoria de Charles Nordhoff e James Norman Hall, de 1932. Estrelando Charles Laughton, Clark Gable e Franchot Tone. O filme relata uma história verídica, ocorrida em 1789, que provocou uma reformulação na forma como os capitães da marinha britânica passaram a comandar seus navios. Na edição do Oscar de 1936 o filme foi indicado a 8 (oito) prêmios, vencendo como Melhor Filme. Entre as categorias indicadas: Melhor Diretor, Melhor Ator (Clark Gable, Charles Laughton e Franchot Tone), Melhor Roteiro e Melhor Trilha Sonora. nota 7,9

7. As Duas Faces de Um Crime (Primal Fear, 1996) – Filme do gênero suspense, dirigido por Gregory Hoblit. Estrelando Richard Gere, Laura Linney e Edward Norton. Um advogado bem-sucedido e egocêntrico é chamado para defender um rapaz acusado de matar um arcebispo em Chicago. Ao investigar o caso, descobre fatos sinistros sobre o crime. Em 1997 Edward Norton foi indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por sua atuação neste filme. nota 7,7

8. Danton; O Processo da Revolução (Danton, 1983) – Drama histórico dirigido por Andrzej Wajda. O filme foi produzido por um consórcio que envolveu França, Polônia e Alemanha Ocidental. Estrelando Gérard Depardieu, Wojciech Pszoniak e Anne Alvaro. Após a Revolução Francesa, a França vive uma nova onda de terror. Um dos líderes da revolução enfrenta o governo na tentativa de mudar a situação. Confiando no apoio popular, ele entra em choque com um antigo aliado e acaba conduzido a julgamento. nota 7,5

9. Shakespeare Apaixonado (Shakespeare in Love, 1998) – Comédia romântica dirigida por John Madden, co-produzida por Estados Unidos da América e Reino Unido. Estrelando Joseph Fiennes, Gwyneth Paltrow, Judi Dench, Geoffrey Rush e Tom Wilkinson. A história transcorre no processo de escrever e estrear a peça Romeu e Julieta. Enquanto os dramaturgos da época punham o público para rir, William Shakespeare o pôs para chorar. Na edição do Oscar de 1999 o filme foi indicado em 13 (treze) categorias, vencendo em sete, entre as quais: Melhor Filme, Melhor Atriz (Gwyneth Paltrow), Melhor Roteiro Original e Melhor Trilha Sonora (Stephen Warbeck). Entre as indicações, a de John Madden como Melhor Diretor. nota 7,3

10. Regras do Amor (Jack and Jill vs. the World, 2008) – Comédia romântica dirigida por Vanessa Parise, estrelando Freddie Prinze Jr., Taryn Manning e Peter Stebbings. Um executivo metódico e entediado decide dividir apartamento com uma jovem linda, leve e descontraída, no mesmo dia em que a conhece. Juntos eles criam um manual com as principais regras para uma vida feliz, mas, previsivelmente, algo dá errado. nota 5,4

Confira também as listas anteriores de dez (10) filmes: 39, 38, 37, 36, 35… Não constam destas listas aqueles filmes sobre os quais já tenhamos publicado algum post. Em meu espaço pessoal no Youtube talvez você encontre vídeos para alguns destes filmes, com cenas selecionadas e trailers. Consulte as Listas de Reprodução.

Written by Paulo Amadeu

12/07/2011 às 17:47

Publicado em Assistidos Recentemente

Tagged with

%d blogueiros gostam disto: