L'itinérance

“Cinema: It is a ribbon of dreams.” (Orson Welles)

Oscar de Melhor Filme: 1969-1978

The Godfather, 1972

Marlon Brando em “O Poderoso Chefão” (The Godfather, 1972), Oscar em 1973. 

41. Oliver! (Oliver!, 1968) – Musical britânico dirigido por Carol Reed e com roteiro livremente baseado no romance Oliver Twist de Charles Dickens. Premiadíssimo. Na edição do Oscar de 1969 o filme venceu nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Trilha Sonora (Johnny Green), Melhor Direção de Arte e Melhor Som. Foi indicado nas categorias de Melhor Ator Principal (Ron Moody), Melhor Ator Coadjuvante (Jack Wild), Melhor Fotografia, Melhor Figurino, Melhor Edição e Melhor Roteiro adaptado. A coreógrafa canadense Onna White também ganhou um Oscar Honorário. A coreografia para “Who will buy?” é um momento grandioso.nota 7,5

42. Perdidos na Noite (Midnight Cowboy, 1969) – Drama dirigido por John Schlesinger e com roteiro baseado em obra de James Leo Herlihy. Protagonizado por Dustin Hoffman e Jon Voight. Em 1970 o filme foi indicado em sete categorias, vencendo em três: Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Roteiro Adaptado. Voight e Hoffman foram indicados na categoria Melhor Ator. A Trilha Sonora foi assinada por John Barry; a música tema Everybody’s Talkin (Fred Neil/Harry Nilsson) venceu o Grammy em 1969. nota 8,0

43. Patton, Rebelde ou Herói? (Patton, 1970) – Esta grande produção é um drama biográfico e de guerra, dirigido por Franklin J. Schaffner. O filme conta as ousadas ações do general George S. Patton durante a Segunda Guerra Mundial e o mostra como um brilhante e rebelde comandante aliado. O roteiro é de Francis Ford Coppola e Edmund H. North. Protagonizado por George C. Scott, estrelando ainda Karl Malden e Michael Bates. Em 1971 o filme recebeu 10 (dez) indicações ao Oscar, vencendo em sete, entre as quais Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator (George C. Scott) e Melhor Roteiro Original. Entre as indicações, a de Melhor Trilha Sonora (Jerry Goldsmith). “Toda glória é fugaz!” nota 8,1

44. Operação França (The French Connection, 1971) – Filme policial dirigido por William Friedkin e estrelado por Gene Hackman, Fernando Rey e Roy Scheider. O roteiro é uma adaptação de romance policial de Robin Moore, que por sua vez é baseado numa história real. Interpretação marcante de Gene Hackman. Na edição do Oscar de 1972 o filme recebeu 8 (oito) indicações, vencendo em cinco delas: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator (Gene Hackman), Melhor Edição e Melhor Roteiro Adaptado. Friedkin foi o mais jovem diretor a conquistar o Oscar de Melhor Direção. nota 7,9

45. O Poderoso Chefão (The Godfather, 1972)Filme grandioso dirigido por Francis Ford Coppola e baseado no romance homônimo de Mario Puzo. Disputa o posto de melhor filme de todos os tempos. Estrelando Marlon Brando, Al Pacino e James Caan. Deu início àquela que alguns consideram a melhor Trilogia da história do cinema. Aclamadíssimo, na edição do Oscar de 1973 o filme venceu nas categorias de Melhor Filme, Melhor Ator (Marlon Brando) e Melhor Roteiro Adaptado; foi indicado ainda nas categorias de Melhor Ator Coadjuvante (Al Pacino, James Caan e Robert Duvall), Melhor Diretor, Melhor Figurino, Melhor Edição, Melhor Trilha Sonora Original (Nino Rota) e Melhor Mixagem de Som. nota 9,2

46. Golpe de Mestre (The Sting, 1973) – Dirigido por George Roy Hill, estrelando Paul Newman, Robert Redford, Robert Shaw e Charles Durning. Um sucesso de bilheterias. Na edição do Oscar de 1974 o filme venceu nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Direção de Arte, Melhor Figurino, Melhor Montagem, Melhor Trilha Sonora (Marvin Hamlisch) e Melhor Roteiro Original. Foi indicado ainda nas categorias de Melhor Ator (Robert Redford), Melhor Fotografia e Melhor Som. nota 8,4

47. O Poderoso Chefão II (The Godfather: Part II, 1974) – Filme dirigido por Francis Ford Coppola. É uma sequência do filme The Godfather, de 1972, ambos com roteiro baseado em romance de Mario Puzo. O grande elenco conta com nomes como Al Pacino, Robert Duvall, Robert De Niro e Diane Keaton. Na edição do Oscar de 1975 o filme foi indicado em 10 (dez) categorias, vencendo em seis, entre as quais Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator Coadjuvante (Robert De Niro), Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Trilha Sonora (Nino Rota e Carmine Coppola). Foi a primeira sequência a ganhar na categoria de Melhor Filme. nota 9,0

48. Um Estranho no Ninho (One Flew Over the Cuckoo’s Nest, 1975) Drama dirigido por Miloš Forman. O filme é uma adaptação de um romance de Ken Kesey, e foi produzido pelo ator Michael Douglas. Premiadíssimo. Na edição do Oscar de 1976 o filme venceu nas categorias de Melhor Filme, Melhor Ator (Jack Nicholson), Melhor Atriz (Louise Fletcher), Melhor Diretor e Melhor Roteiro Adaptado. Foi indicado nas categorias de Melhor Ator Coadjuvante (Brad Dourif), Melhor Fotografia, Melhor Edição e Melhor Trilha Sonora (Jack Nitzsche). Inesquecível atuação de Nicholson.nota 8,9

49. Rocky, um Lutador (Rocky, 1976) – Drama escrito e estrelado por Sylvester Stallone, e dirigido por John G. Avildsen. É o primeiro de uma série de seis filmes (1979, 1982, 1985, 1990 e 2006). A série conta a história de um boxeador da Filadélfia. Na edição do Oscar de 1977, o filme foi indicado a 10 (dez) prêmios, vencendo em três, incluindo Melhor Filme e Melhor Diretor. Entre as indicações: Melhor Ator (Sylvester Stallone), Melhor Atriz (Talia Shire) e Melhor Roteiro Original. A Trilha Sonora de Bill Conti foi também uma das indicações, com detaque para o conhecido tema Gonna Fly Now. nota 8,1

50. Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (Annie Hall, 1977) – Aclamada comédia romântica, com direção e atuação de Woody Allen. Um humorista judeu e divorciado, que faz análise há quinze anos, se apaixona por uma cantora em início de carreira. Bastante premiado e com muitas curiosidades interessantes. Em 1978 o filme venceu o Oscar nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Atriz (Diane Keaton) e Melhor Roteiro Original. Foi indicado também na categoria de Melhor Ator (Woody Allen). nota 8,2 

Confira também as listas anteriores: 1959-1968, 1949-1958, 1939-1948, 1929-1938. Em meu espaço pessoal no Youtube talvez você encontre vídeos para alguns destes filmes, com cenas selecionadas e trailers. Consulte as Listas de Reprodução.

Written by Paulo Amadeu

07/09/2011 às 14:24

Publicado em Oscar de Melhor Filme

Tagged with

%d blogueiros gostam disto: