L'itinérance

“Cinema: It is a ribbon of dreams.” (Orson Welles)

Oscar de Melhor Filme: 1989-1998

Schindler’s List, 1993

Liam Neeson em “A Lista de Schindler” (Schindler’s List, 1993), Oscar em 1994

61. Rain Man (Rain Man, 1988) – Excelente drama dirigido por Barry Levinson e grande sucesso de público. Estrelando Dustin Hoffman, Tom Cruise e Valeria Golino. Um jovem empresário, arrogante e egoísta, em processo de falência, descobre que o beneficiário da herança do pai é um irmão mais velho autista de quem nunca ouvira falar. Os dois viajam pelo país. Na edição do Oscar de 1989 o filme foi vencedor nas categorias de Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Ator (Dustin Hoffman) e Melhor Roteiro (original). Foi indicado ainda em outras 4 (quatro) categorias, incluindo Melhor Trilha Sonora Original (Hans Zimmer). nota 8,0

62. Conduzindo Miss Daisy (Driving Miss Daisy, 1989) – Comédia romântica dirigida por Bruce Beresford, é uma adaptação da peça teatral de Alfred Uhry, também o autor do roteiro. Estrelando Morgan Freeman, Jessica Tandy e Dan Aykroyd. Memoráveis atuações de Morgan Freeman e Jessica Tandy. Na edição do Oscar de 1990 o filme venceu nas categorias de Melhor Filme, Melhor Atriz (Jessica Tandy), Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Maquiagem. Recebeu ainda indicações nas categorias de Melhor Ator (Morgan Freeman), Melhor Ator Coadjuvante (Dan Aykroyd), Melhor Direção de Arte, Melhor Edição (montagem) e Melhor Figurino. nota 7,4

63. Dança com Lobos (Dances with Wolves, 1990) – Nos gêneros drama e aventura, filme dirigido e protagonizado por Kevin Costner e baseado em romance de Michael Blake. Foi o primeiro filme dirigido por Costner. A trilha sonora, assinada por John Barry, é uma das mais famosas da história do cinema. Na edição do Oscar de 1991, o filme venceu em sete categorias: Melhor Filme, Melhor Diretor (Kevin Costner), Melhor Fotografia, Melhor Edição, Melhor Trilha Sonora, Melhores Efeitos Sonoros e Melhor Roteiro Adaptado. Foi indicado ainda para Melhor Ator (Kevin Costner), Melhor Ator Coadjuvante (Graham Greene), Melhor Atriz Coadjuvante (Mary McDonnell), Melhor Direção de Arte e Melhor Figurino. nota 8,0

64. O Silêncio dos Inocentes (The Silence of the Lambs, 1991) – Filme do gênero suspense policial, dirigido por Jonathan Demme e com roteiro baseado no livro homônimo escrito por Thomas Harris. Estrelando Jodie Foster, Anthony Hopkins, Scott Glenn e Ted Levine. Premiadíssimo. Foi a terceira obra a vencer as cinco principais categorias do Oscar; em 1992 o filme venceu como Melhor Filme, Melhor Diretor (Jonathan Demme), Melhor Atriz (Jodie Foster), Melhor Ator (Anthony Hopkins) e Melhor Roteiro Adaptado. Foi também indicado em mais duas categorias. nota 8,7

65. Os Imperdoáveis (Unforgiven, 1992) – Western dirigido e protagonizado por Clint Eastwood, desmitificador do Velho Oeste. A produção ainda conta com Gene Hackman, Morgan Freeman e Richard Harris. Vencedor do Oscar nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator Coadjuvante (Gene Hackman) e Melhor Montagem. Foi também indicado em outras cinco categorias: Melhor Ator (Clint Eastwood), Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia, Melhor Som e Melhor Roteiro Original.nota 8,3 

66. A Lista de Schindler (Schindler’s List, 1993) – Baseado no livro Schindler’s Ark, de Thomas Keneally. Excelente direção de Steven Spielberg, com destaque para a atuação de Liam Neeson. Muito boa trilha sonora de John Williams. Relata a história de Oskar Schindler, um tcheco que salvou a vida de mais de mil judeus poloneses durante o holocausto. Aclamadíssimo. Na edição do Oscar de 1994 o filme foi indicado em doze categorias, tendo vencido em sete delas, incluindo Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Fotografia e Melhor Trilha Sonora (John Williams). Entre as indicações, a de Melhor Ator (Liam Neeson). nota 8,9

67. Forrest Gump; O Contador de Histórias (Forrest Gump, 1994) – Filme marcante dirigido por Robert Zemeckis, com uma brilhante interpretação de Tom Hanks. A trilha sonora, sob a direção de Alan Silvestri, tem uma variedade de músicas dos anos 50, 60, 70 e do começo dos 80 executadas por artistas americanos. Premiadíssimo. Na edição do Oscar de 1995 o filme recebeu 13 (treze) indicações, e venceu em 6 (seis) das categorias indicadas, incluindo Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator (Tom Hanks) e Melhor Roteiro Adaptado. Entre as indicações: Melhor Ator Coadjuvante (Gary Sinise) e Melhor Trilha Sonora Original (Alan Silvestri). nota 8,7

68. Coração Valente (Braveheart, 1995) – Filme épico em que Mel Gibson assume o duplo papel de ator e diretor. Retrata a figura histórica de William Wallace, guerreiro, patriota escocês e herói medieval. A ação situa-se em finais do século XIII, tempo em que os rebeldes escoceses lutavam contra o domínio inglês. Na edição do Oscar de 1996 o filme venceu nas categorias Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Edição de Som (efeitos sonoros), Melhor Maquiagem e Melhor Fotografia. Foi indicado nas categorias de Melhor Figurino, Melhor Trilha Sonora (James Horner), Melhor Som, Melhor Montagem e Melhor Roteiro Original. nota 8,4

69. O Paciente Inglês (The English Patient, 1996) – Aclamado drama dirigido por Anthony Minghella e baseado no romance homônimo de Michael Ondaatje. Estrelando Ralph Fiennes, Juliette Binoche, Kristin Scott Thomas, Colin Firth, Willem Dafoe e Naveen Andrews. A história se passa a partir de 1939, desenvolvendo-se em junho de 1942 e outubro de 1944, no período da Segunda Guerra Mundial. No final da guerra, um desconhecido que teve queimaduras generalizadas quando o seu avião foi abatido, conhecido apenas como o paciente inglês, recebe os cuidados de uma enfermeira canadense. Membro da Royal Geographic Society, ele gradualmente começa a narrar o grande envolvimento que teve com a mulher de um colega e de como este amor foi fortemente correspondido. Em 1997 foi indicado ao Oscar em doze categorias, vencendo em nove. Entre estas, as de Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Trilha Sonora (Gabriel Yared). Entre as indicações, as de Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Ator (Ralph Fiennes) e Melhor Atriz (Kristin Scott Thomas). Na trilha sonora, a conhecida canção Cheek to Cheeck tanto por Fred Astaire quanto por Ella Fitzgerald. 7,3

70. Titanic (Titanic, 1997) – Filme escrito, dirigido, co-poroduzido e co-editado por James Cameron. É uma história ficcionalizada do naufrágio do RMS Titanic, estrelando Leonardo DiCaprio e Kate Winslet. Entre os recursos da superprodução, Cameron filmou os verdadeiros destroços do Titanic. Foi o maior sucesso de bilheteria na época. Na edição do Oscar de 1998 o filme foi indicado em quatorze categorias, vencendo onze, incluindo Melhor Diretor, Melhor Filme, Melhor Trilha Sonora (James Horner) e Melhor Canção Original (My Heart Will Go On) . Entre as indicações, a de Melhor Atriz (Kate Winslet). nota 7,5

Confira as listas anteriores: 1979-1988, 1969-1978, 1959-1968, 1949-1958, 1939-1948, 1929-1938. Em meu espaço pessoal no Youtube talvez você encontre vídeos para alguns destes filmes, com cenas selecionadas e trailers. Consulte as Listas de Reprodução.

Written by Paulo Amadeu

09/09/2011 às 16:55

Publicado em Oscar de Melhor Filme

Tagged with

%d blogueiros gostam disto: