L'itinérance

“Cinema: It is a ribbon of dreams.” (Orson Welles)

Oscar de Melhor Filme: 1999-2008

The Lord of the Rings: The Return of the King, 2003

Sean Astin e Elijah Wood em “O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei” (The Lord of the Rings: The Return of the King, 2003), Oscar em 2003

71. Shakespeare Apaixonado (Shakespeare in Love, 1998) – Comédia romântica dirigida por John Madden, co-produzida por Estados Unidos da América e Reino Unido. Estrelando Joseph Fiennes, Gwyneth Paltrow, Judi Dench, Geoffrey Rush e Tom Wilkinson. A história transcorre no processo de escrever e estrear a peça Romeu e Julieta. Enquanto os dramaturgos da época punham o público para rir, William Shakespeare o pôs para chorar. Na edição do Oscar de 1999 o filme foi indicado em 13 (treze) categorias, vencendo em sete, entre as quais: Melhor Filme, Melhor Atriz (Gwyneth Paltrow), Melhor Roteiro Original e Melhor Trilha Sonora (Stephen Warbeck). Entre as indicações, a de John Madden como Melhor Diretor. nota 7,3

72. Beleza Americana (American Beauty, 1999) – Dirigido por Sam Mendes, escrito por Alan Ball e protagonizado por Kevin Spacey. Estrelando também Annette Bening, Thora Birch e Wes Bentley. O filme foi descrito por acadêmicos como uma sátira das noções da classe média americana sobre beleza e satisfação pessoal. Na edição do Oscar em 2000, recebeu 8 (oito) indicações, vencendo em cinco, entre as quais Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Roteiro Original e Melhor Ator. Entre as indicações, as de Melhor Atriz (Annette Bening) e Melhor Trilha Sonora Original (Thomas Newman). “Para ter sucesso precisamos projetar uma imagem de sucesso (…) Um comercial para parecer que somos normais.” nota 8,6

73. Gladiador (Gladiator, 2000) – Drama histórico sob a direção de Ridley Scott. Estrelando Russell Crowe, Joaquin Phoenix e Connie Nielsen. Trouxe novamente ao circuito a temática de histórias situadas em civilizações antigas. Premiadíssimo, na edição do Oscar de 2001 o filme venceu nas categorias Melhor Filme, Melhor Ator (Russell Crowe), Melhor Figurino, Melhores Efeitos Especiais e Melhor Som. Foi indicado ainda para: Melhor Ator Coadjuvante (Joaquin Phoenix), Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia, Melhor Diretor, Melhor Edição, Melhor Trilha Sonora (Hans Zimmer) e Melhor Roteiro Original. nota 8,4

74. Uma Mente Brilhante (A Beautiful Mind, 2001) – Drama biográfico dirigido por Ron Howard, sobre a vida do matemático John Forbes Nash. O roteiro foi baseado no livro homônimo de Sylvia Nasar, uma biografia muito precisa e abrangente da vida de Nash. Estrelando Russell Crowe, Ed Harris e Jennifer Connelly. Boa atuação de Russell Crowe. Na edição do Oscar de 2002 o filme venceu nas categorias de Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Diretor e Melhor Atriz Coadjuvante (Jennifer Connelly). Foi indicado nas categorias de Melhor Ator (Russell Crowe), Melhor Trilha Sonora Original (James Horner), Melhor Edição e Melhor Maquiagem. nota 8,0

75. Chicago (Chicago, 2002) – Musical dirigido e coreografado por Rob Marshall. Explora o tema do status de celebridade instantânea na cidade de Chicago da década de 1920. Estrelando Renée Zellweger, Catherine Zeta-Jones e Richard Gere. Na edição do Oscar de 2003 o filme foi indicado em 13 (treze) categorias, vencendo em seis, entre as quais Melhor Filme e Melhor Atriz Coadjuvante (Catherine Zeta-Jones). Entre as indicações, as de Melhor Diretor, Melhor Atriz (Renée Zellweger) e Melhor Roteiro Adaptado; uma das canções do musical, I Move On (John Kander & Fred Ebb), também foi indicada como Melhor Canção Original. Um bom momento é a abertura com All That Jazz. nota 7,2

76. O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei (The Lord of the Rings: The Return of the King, 2003) – Filme baseado nos livros da série O Senhor dos Anéis, escrito por J. R. R. Tolkien. Este é o filme que conclui a trilogia; os dois primeiros foram lançados em 2001 e 2002. Estrelando nomes como Elijah Wood, Sean Astin, Ian McKellen, Viggo Mortensen e Orlando Bloom. Na edição do Oscar de 2003 o filme foi indicado em 11 (onze) categorias, vencendo em todas elas. Entres os prêmios: Melhor Filme, Melhor Direção (Peter Jackson), Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Trilha Sonora (Howard Shore) e Melhor Canção Original (Into the West, por Fran Walsh, Howard Shore e Annie Lennox). nota 8,8

77. Menina de Ouro (Million Dollar Baby, 2004) – Drama dirigido por Clint Eastwood. Estrelando Hilary Swank, Clint Eastwood and Morgan Freeman. Na edição do Oscar 2005, o filme venceu nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Atriz (Hilary Swank) e Melhor Ator Coadjuvante (Morgan Freeman). Foi indicado ainda nas categorias de Melhor Edição, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Ator (Clint Eastwood). Este foi o 25º filme dirigido por Clint Eastwood, o 57º filme em que ele atuou e o 21º que ele produziu, e reflete bem a maturidade por ele adquirida no cinema.nota 8,2

78. Crash; No Limite (Crash, 2004) – Drama dirigido por Paul Haggis, que conta no elenco com nomes como Sandra Bullock, Brendan Fraser, Matt Dillon e Don Cheadle. Em Los Angeles, em um dia, várias histórias se entrelaçam, na maioria das vezes, tragicamente. Em 2006 o filme foi indicado ao Oscar em seis categorias, vencendo em três, entre as quais Melhor Filme e Melhor Roteiro Original. A bonita canção In the Deep foi indicada ao Oscar de Melhor Canção Original. “Em Los Angeles ninguém te toca. Estamos sempre atrás do metal e do vidro. Acho que sentimos tanta falta desse toque, que batemos uns nos outros só para sentir alguma coisa.” nota 8,0

79. Os Infiltrados (The Departed, 2006) – Drama dirigido por Martin Scorsese. O enredo aborda a atuação da máfia irlandesa na cidade de Boston. Estrelando Leonardo DiCaprio, Matt Damon e Jack Nicholson. É uma refilmagem de Mou Gaan Dou (Conflitos Internos), um filme produzido em Hong Kong em 2002, cujo roteiro, escrito por Felix Chong e Siu Fai Mak, foi adaptado por William Monahan. Na edição do Oscar de 2007 o filme venceu na categoria de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Roteiro Adaptado (William Monahan) e Melhor Edição. Também foi indicado na categoria de Melhor Ator Coadjuvante (Mark Wahlberg). nota 8,5

80. Onde os Fracos Não Têm Vez (No Country for Old Men, 2007) – Filme dos gêneros drama e suspense, dirigido pelos irmãos Ethan Coen e Joel Coen. Estrelando Tommy Lee Jones, Javier Bardem e Josh Brolin. O roteiro é ambientado no oeste do Texas, na década de 1980, e envolve um veterano da Guerra do Vietnã, um assassino psicótico sem senso de humor e piedade, e um xerife local. Na edição do Oscar de 2008 o filme teve quatro vitórias dentre 8 (oito) indicações: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Roteiro Adaptado, e Melhor Ator Coadjuvante (Javier Bardem). nota 8,3

Confira as listas anteriores: 1989-1998, 1979-1988, 1969-1978, 1959-1968, 1949-1958, 1939-1948, 1929-1938. Em meu espaço pessoal no Youtube talvez você encontre vídeos para alguns destes filmes, com cenas selecionadas e trailers. Consulte as Listas de Reprodução.

Written by Paulo Amadeu

11/09/2011 às 13:33

Publicado em Oscar de Melhor Filme

Tagged with

%d blogueiros gostam disto: