L'itinérance

“Cinema: It is a ribbon of dreams.” (Orson Welles)

Sobre

L'itinérance: Paulo AmadeuSou brasileiro, nascido no Rio de Janeiro. Em companhia de meus pais, mudei-me para os Estados Unidos em 1983, onde resido com minha família. Atuo profissionalmente na área da saúde. Tenho contato regular com o Brasil, para onde viajo sempre que posso. Quando estou nos States tenho saudade do Brasil; quando estou no Brasil sinto saudade dos States.

O cinema é um dos meus hobbies. Dentre os grandes cineastas e roteiristas de que gosto, apenas para citar alguns poucos notáveis: Chaplin, Hitchcock, William Wyler, Sergio Leone, Vittorio De Sica, Kurosawa, Fred Zinnemann, Luchino Visconti, Sidney Lumet, Clint Eastwood e Christopher Nolan. E esta é uma lista pequena… L´itinérance foi iniciado por um primo em 2009. Como ele é uma pessoa de interesse amplo, o blog teve inicialmente um leque bem variado de assuntos publicados. Depois o blog foi dedicado exclusivamente ao cinema, o que pessoalmente enxergo como uma coisa boa. Os direitos do blog me foram passados inteiramente, embora meu primo ainda ofereça muito ocasionalmente alguma ajuda bem legal. L´itinérance expressa uma tentativa de preservar minha identidade brasileira.

Temas e posts que fogem à cinefilia são publicados em Papel Almaço. Alguns dos meus autores prediletos são: Ovídio, Shakespeare, Cervantes, Dostoiévski, Eça de Queirós, Machado de Assis e Guimarães Rosa. Entre os poetas de que gosto: Camões, Rilke, Fernando Pessoa e Carlos Drummond de Andrade. Gosto de música em variados estilos, épocas e tendências. Adoro a Europa! Tenho um perfil no Facebook, que visito quando me lembro dele.

Viajar? Para viajar basta existir. Vou de dia para dia, como de estação para estação, no comboio do meu corpo, ou do meu destino, debruçado sobre as ruas e as praças, sobre os gestos e os rostos, sempre iguais e sempre diferentes, como afinal, as paisagens são. A vida é o que fazemos dela. As viagens são os viajantes. O que vemos, não é o que vemos, senão o que somos.

(Fernando Pessoa. Livro do Desassossego. Composto por Bernardo Soares, heterônimo do autor.)

Paulo Amadeu

Written by Paulo Amadeu

04/05/2015 às 17:04

%d blogueiros gostam disto: